Filhos


Quando eu era mais nova, meu medo mor, era engravidar. Juro! Só pensava que seria um desgosto para meus pais, se eu fosse uma mãe solteira na adolescência. Mas anos depois o medo foi se transformando, e eu já não pensava na minha mãe ou no meu pai, pensava em ter condições financeiras para criar um filhote, dar casa, comida e educação, como os meus pais fizeram (e muito bem).
Acho que aos poucos o nosso amadurecimento permite que todos os nossos “medos” se transformem, e um dia se nós permitimos, eles desaparecem. Assim tem sido comigo, a minha volta hoje, todo mundo é mãe e eu (por enquanto) sou apenas madrinha, de um afilhado lindo e muito querido!
Os 30 chegaram, e com eles vários medos se foram, aliás, o que não me falta hoje é coragem! Pensando nessa coragem e vendo minha cunhada com sua filha linda, Giovana de apenas 03 meses no colo pergunto:

- katy, sei que deve ser maravilhoso ser mãe, mas qual é a parte mais difícil de tudo? 
Ela super tranqüila como sempre responde:
- O MARIDO!!! kkkkkkkk

Lembrei de uma amiga que vive escrevendo no facebook o que é ser mãe (acho que ela vai dar uma boa opnião sobre isso), mas ai já é história pra outro post...

Todos nós no dia do batizado da Giogio:


E o meu afilhado querido no dia do seu batizado:


Love.
Lu Moraes 

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...